Esporte e Saúde Mental


Por Maria Lúcia Pinheiro


O Esporte é celebrado como importante fator no desenvolvimento da humanidade e promotor da paz. Não é para menos! Ele quebra barreiras culturais e linguísticas incentivando a convivência pacífica. Capaz de proporcionar uma saúde melhor em todos os aspectos: saúde física, emocional e sexual são favorecidas! Promove a socialização e até mesmo a educação e construção moral, por isso, o esporte torna-se em si uma verdadeira festa!
Aderir à prática esportiva pode promover uma mudança global no estilo de vida de seus praticantes. A cada melhoria alcançada, a prática esportiva se torna mais estimulante a alcançar novos objetivos. Nesse processo, ganhamos consciência corporal e autoconhecimento, fatores que ajudam a equilibrar a autoestima, que por sua vez nos motiva a cuidar ainda mais de nós mesmos: buscando uma melhor alimentação, um cuidado maior com a saúde, e com o que queremos em nossas vidas e relações. Tudo isso porque o corpo saudável terá um melhor funcionamento e, portanto, uma regularização também na atividade cerebral. As famosas endorfinas são liberadas proporcionando bem-estar!
O esporte, através de suas rotinas e regras, ensina o autocontrole, a lidar com limites, e, assim desenvolver a disciplina. Bom para crianças, mas também para adultos. É a disciplina que impulsiona quando a motivação fraqueja. É ela quem nos ajuda a ter uma vida organizada, a organização de tempo e espaço para uma mudança de estilo de vida. Sem desculpas.



Um dos fatores mais estimulantes para o esporte é o vínculo que se constrói com pessoas que tem objetivos comuns. O Esporte também pode ser uma fonte de novos relacionamentos, uma ótima oportunidade para conhecer novas pessoas e construir uma vida social mais ativa. Sem contar que, com os ganhos que proporciona a nossa disposição e a nossa autoestima, ele também tende a fazer os nossos relacionamentos mais saudáveis! 



Não podemos esquecer dos grandes impactos que a atividade física exerce sobre a sexualidade! Por promover uma melhoria ao estado global de saúde: aumenta a disposição, diminui o cansaço, aumenta a resistência muscular, favorece o condicionamento cardio-respiratório e a flexibilidade. Além disso, contribui com o equilíbrio da autoestima, da consciência corporal e, assim, passamos a conhecer e nos relacionar melhor com nosso próprio corpo, passamos a nos sentir mais à vontade para o sexo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Terapia Sexual - como é?