Porque falar sobre suicídio é tão importante?

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, 800 mil pessoas completam suicídio no mundo a cada ano. A cada 45 minutos uma pessoa tira a própria vida no Brasil. Mais que números, são pessoas, histórias, vidas que se perdem e que, em muitos casos, poderiam ser evitadas. Mas como fazer isso? Como perceber os sinais? O que fazer quando percebê-los?

Primeiramente, é preciso deixar claro que nem todos os casos de suicídio tem relação com transtornos mentais. Não é preciso ter depressão para pensar em tirar a vida. Fique atento a frases como "sou um peso na vida de todo mundo", "queria morrer", "eu não aguento mais" ou "todos ficariam mais felizes se eu não estivesse aqui". Mais que uma voz, seja ouvidos. Esteja lá. Deixe claro que você está lá para ouvir essa pessoa e ajudá-la.

Essas expressões não significam que a pessoa está querendo chamar atenção. São sinais de que ela precisa de ajuda. Não tenha medo de perguntar sobre os planos daquela pessoa. Pergunte.

E o que fazer para ajudar? Ouça. Seja a ponte entre essa pessoa e o tratamento necessário.

Se você estiver precisando de ajuda, ligue 141, o número do Centro de Valorização à Vida. O serviço é gratuito e você não precisa se identificar.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Terapia Sexual - como é?