Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2017

Educação sexual para adolescentes

Imagem
Pré estabelecemos o conceito de que conversar sobre sexualidade pode ser caminho para incentivo da prática sexual quando, na realidade, o diálogo pode servir como alerta. Esclarecer os pontos para adolescentes não significa resultar em entusiasmar precocemente o ato para eles. 
Encarar a sexualidade com positividade e responsabilidade, auxiliará os adolescentes a não banalizar a prática, tampouco fazê-la apenas por curiosidade e sede carnal. Os adolescentes querem saber mais sobre sexo, mas na maioria das vezes eles se sentem desconfortáveis em falar sobre isso com os adultos, logo, enfrentar a questão de forma correta é positivo para todos os lados.
Vamos, então, compreender que falar sobre sexo não tem que ser um incômodo. Ainda que, de início, pareça difícil, quebrar a barreira é um ótimo passo e rapidamente o desconforto desaparecerá. 
Se os jovens se acostumarem a falar sobre sexualidade com os adultos, serão capazes de falar sobre com os seus parceiros, em relação ao que gostam…

A Terapia e os Casais Homoafetivos

Imagem
"A terapia atende casais homoafetivos?" - Essa pergunta não é tão rara quanto deveria ser nos dias de hoje. A resposta é sim. Todos os casais - sejam eles formados por um homem e uma mulher, dois homens ou duas mulheres - têm seus problemas, suas dificuldades e seus obstáculos a serem superados. A terapia de casal está aí para contornar tudo isso.

Problemas de comunicação, divergências de religião ou pensamentos contrários quanto à maneira de criar os filhos, tudo isso afeta esses casais também.

A Sexologia também pode ser uma importante aliada, como na hora de superar questões como impotência sexual, dificuldades de atingir o orgasmo, e a falta de compreensão das necessidades e desejos do marido ou esposa.

Sexo pode ajudar na saúde?

Imagem
Muito mais do que prazer carnal, o sexo pode ser uma das melhores atividades físicas quando o assunto é cuidar da saúde - deixando claro que só ele não basta. Mas muito pode se ter benefício na vida sexual ativa. 
Estudos feitos pela Universidade de Queen’s, na Irlanda do Norte, e publicados no “British Medical Journal” acompanharam a vida sexual de 1000 homens afim de estabelecer comparação com a saúde. Entendeu-se que, aqueles que praticavam sexo com maior frequência, viam a expectativa de vida aumentada até duas vezes em comparação com aqueles que não praticavam o ato. 
Anos mais tarde, um desenvolvimento do mesmo estudo revelou ainda que os homens que tinham relações sexuais cerca de 3 vezes por semana, apresentavam um menor risco de sofrer um ataque cardíaco ou um acidente vascular cerebral, quando comparados com os restantes.
Por quê isso acontece? Com o aumento da frequência cardíaca, resultante do exercício físico, da atividade sexual, acaba por promover uma maior fluidez sanguín…

O que é a Psicologia da Gestalt?

Imagem
Olhe para essa imagem. O que você vê? Oito bolas pretas com traços brancos? 24 desenhos pretos? Oito bolas pretas com um cubo branco desenhado por cima? A maneira com que enxergamos um todo e suas partes diz muito sobre nós mesmos. É isso que estuda a Psicologia da Gestalt, desenvolvida por Wolfgang Kohler e Max Werteimer. 
Gestalt vem do Alemão e significa, literalmente, "forma". Essa teoria acredita que um todo é muito mais que apenas a união de pequenas partes e que unidas elas formam um terceiro elemento. O olho humano capta os elementos e o cérebro une em uma só forma os elementos semelhantes. 
Para tanto, foram formuladas seis leis que explicam esse fenômeno. A Lei da Semelhança, que diz que elementos que se assemelham em tamanho, cor e textura tendem a se agrupar; A Lei da Boa Continuidade, que fala sobre o alinhamento ser necessário para a harmonia da figura; a Clausura, que diz que as figuras tem que ter limites bem demarcados; a Proximidade, que diz que quando os …